maternidade

O que achei do Parto Normal Humanizado pelo SUS

04/04/2021

Gravidez chegou, tantas decisões pra tomar, mas possivelmente a mais difícil e delicada delas é a decisão em relação ao parto: normal humanizado? Só normal? Cesárea? Cesárea humanizada? Eu Optei pelo parto humanizado do SUS em Ribeirão Preto e aqui conto detalhes dessa história.

Sim, pra começar esse post vou te falar que independente da via de nascimento, o seu parto pode sim ser humanizado. Parto humanizado significa, acima de tudo, independente de luzes especiais ou banheiras com hidromassagem, você ser respeitada por toda a equipe durante o parto.

Quando a equipe médica respeita as suas decisões e te trata como uma mãe, humana e com sentimentos, não como só mais uma função do dia de trabalho, seu parto já pode ser considerado humanizado.

Parto Humanizado pelo SUS: A decisão

Decidi fazer meu parto humanizado pelo SUS por um motivo simples: eu não tinha dinheiro pros exorbitantes custos de um parto e nem plano de saúde; Eu morava em Florianópolis quando engravidei, e sempre que precisei ir ao médico o postinho do SUS da Lagoa da Conceição lá foi excelente e suficiente. Quando descobri que estava grávida voltei a morar em Ribeirão Preto, já que sou mãe solo, para os meus pais me ajudarem com a criação da pequena.

Aqui em Ribeirão, depois de um leve surto ao ver os valores de um parto (em média entre 3 e 10 mil reais), uma amiga da minha irmã me trouxe a luz! Fique sabendo do projeto Nascer da UNAERP aqui, que é um projeto maravilhoso do Hospital Cidinha Bonini da UNAERP em parceria com o SUS. O projeto tem o objetivo de valorizar o parto normal e humanizado, então eles só levam pra cesárea se for mesmo necessário, e deixam isso bem claro desde o começo.

parto humanizado sus
parto humanizado sus

Como funciona o parto pelo SUS:

Assim que descobri desse projeto ja fomos correndo pro postinho de saúde público mais próximo ao nosso bairro em Ribeirão Preto: o Santa Cruz. Você chega lá e diz que está grávida e que gostaria de começar o pré-natal. Simples assim. Gestantes tem prioridade nas consultas, pelo menos aqui em Ribeirão, posso garantir que fui sempre muito bem atendida. Todos os exames de sangue e urina foram feitos no próprio postinho. Eles também dão uma cartilha maravilhosa e detalhada pra você ir preenchendo, além de cheia de dicas. Eu era um alien no mundo da maternidade, então me ajudou muito.

Na minha primeira consulta com o Ginecologista do SUS (que também atendia particular) falei que eu queria ter meu parto na UNAERP. Ele disse que as gestantes eram encaminhadas para 3 maternidades diferentes: Mater, Sinhá Junqueira e Unaerp aqui em Ribeirão. Que ná semana 33 de gestação nos poderíamos avisar pra qual queríamos ir porque dali pra frente, tendo vaga, os ultrassons e consultas já seriam lá!

Como a UNAERP era a única com esse foco em parto humanizado, havia uma questão de disponibilidade de vagas e o principal: a gravidez tem que ser 100 por cento tranquila. Isso porque o parto é feito por um médico e residentes de medicina. Gestações de risco geralmente demandam cesárea, e por isso são encaminhada para um dos dois outros hospitais.

Felizmente minha gestação foi super tranquila e consegui ser encaminhada para a UNAERP. As equipe médica lá foi absurdamente maravilhosa comigo, me senti tão abraçada, parecia que eu estava sendo atendida por um grupo próximo de amigos. Conseguiram me deixar muito leve e segura e com certeza tudo isso fez muita diferença no sucesso do meu meu parto.

Nas ultimas semana de gestação eles fazem uns encontros com as gestantes pra explicar sobre a importância do parto humanizado e da amamentação exclusica nos seis primeiros meses. Por ser um projeto do SUS, a maioria das moças que estavam lá era bem humildes, e muitas estavam super receosas por terem residentes fazendo seus partos. Não caiam nessa! O fato de essas pessoas estarem se formando médicos faz com que eles levem a coisa muito a sério, querendo provar valor e trabalho, e com uma humildade que raramento vemos nos médicos experientes.

Se você que leu esse relato não mora em Ribeirão Preto, dê uma conferida no SUS da sua cidade, pesquise por parto humanizado pelo SUS, entre em grupos de mães regionais no Facebook e veja o que têem pra dizer. O meu relato foi pra confirmar que defendo o SUS com unhas e dentes, pois graças a ele tive um parto simples, mas leve, lindo e seguro.

Se tiver alguma dúvida em relação ao parto humanizado pelo SUS, fala comigo!

Para mais posts sobre maternidade, dê uma olhada aqui!

Histórias como essa

Vamos conversar :)

Deixe um comentário