maternidade

Não se Esqueça da Mulher Além da Mãe

09/02/2021

O título parece óbvio: é claro que além de ser mãe, somos mulheres, mas não tão óbvio assim pra muita gente é o fato de que acima e antes da mãe, existe a mulher. Por mais que a gente diga que não vai acontecer, ao ser mãe, nós dos perdemos do nosso eu, e mesmo sem querer nos despedimos bruscamente e por um longo período da mulher além da mãe. Se você se identifica, sinta-se abraçada no meu blog.

Sobre ser mãe

Eu sou solteira e mãe solo de uma menininha maravilhosa de dois aninhos. E, como com qualquer mãe, minha vida nesse começo virou do avesso. Por mais que a a gente se planeje e diga que vamos ser organizadas e que é só adaptar a rotina do bebê à nossa, quando a realidade bate na porta a gente vê que não é bem assim. Somos nós quem temos que nos adaptar a rotina do bebê.

A dor de ser mãe

Verdade seja dita, às vezes me pego com uma baita saudade de mim: da mulher live, independente, com tempo pra fazer vários nadas e maratonar uma série no domingo.

Já senti muita culpa em me sentir assim, mas depois de muito ler sobre maternidade real, vejo que é uma questão bem comum: Ser mãe não é difícil, difícil é se adaptar ao seu novo eu, entender e abraçar por completo o novo papel, a vida sem a sua rotina, se despedir da antiga mulher livre e deixar nascer a mãe cuidadora por completo.

A delícia de ser mãe

Eu aceitei depois de muito ler e de um lento processo interno, que minha filha não vai ser bebê pra sempre. Mas os vários nadas pra fazer e as séries do Netflix vão continuar lá pra sempre. Coloquei minha vida sob perspectiva pra enxergar que 3 anos de dedicação completa a minha bebê é parte do meu crescimento e evolução como pessoa e mulher, e não atraso, e é um tempo rápido, raro e único.

Porque estou falando isso? Pra explicar o motivo desse blog, o porque ele pode ser útil pra mim mesma e também pra vocês, mamães.

Acontece que, mesmo aceitando a dedicação praticamente integral aos nossos filhos como parte do processo, também considero muito importante continuarmos conectadas com nós mesmas.

O equilíbrio entre a mulher e a mãe

Eu sempre leio um livro antes de dormir, ou vejo ao menos meio espisódio de uma série, pesquiso sobre decoração e estudo web design ( sou formada eu design gráfico pelo UFSC). E agora, resolvi como parte desse processo de conexão comigo mesma, fazer esse blog, como um canal de conexão e dicas de maternidade, mas também sobre outras coisas que sinto que tenho propriedade pra falar e podem ajudar as mamães a viverem a vida de acordo com seus termos e com o que as fazem fezes além dos filhos, como dicas de decoração e empreendedorismo feminino.

Espero que gostem!

Histórias como essa

Vamos conversar :)

Deixe um comentário